.

.

Páginas

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

O que você faria para seu coração parar de doer por amor?


Não existe coisa pior que decepção amorosa. Sua alma dói, seu corpo dói e a única coisa que você quer é que você durma dias e quando acorde tudo tenha passado.
Você se tranca no quarto sempre que pode, afinal tem que trabalhar. Quando sai para o trabalho, entra muda e sai calada. Na primeira oportunidade vai tomar café sozinha na cantina, desaba. Não adianta esconder por muito tempo a dor, ela está a flor da pele.
Você desligou o celular há mais de uma semana. Não está nem aí para o mundo. Mas ele continua incomodando a sua mente.
Você acreditou nele. Namorou com ele muito tempo, tempo suficiente para achar que tudo que ele dizia era verdade, que iam casar, ficar juntos, serem felizes, só que do nada ele começou a enrolar, inventar desculpas, mentiras, datas que você percebia que não batiam, fatos que não eram comprovados. Ele queria provar que estava falando a verdade, mas você já sabia que não estava.
Então chegou a hora daquela conversa, você pode comprovar que ele não ia fazer nada do que planejou ao seu lado, que é uma pessoa acomodada, que quer ficar sozinho e que você não está em seus planos?
Você sente-se a pessoa mais idiota do mundo, por acreditar em alguém que já tinha mostrado muitos desvios de caráter.
O que fazer em uma situação destas?
Dá para reverter a situação a seu favor?
Pare de sofrer por amor, saiba fazer o melhor por si.
Agenda horário com minha assistente, através do e-mail:

escritoraliliaamorim@hotmail.com

Através deste e-mail, será informado valores, datas e horários.
Este e-mail não é para atendimento.


Lilia Amorim
Conselheira Amorosa
Autora do livro: AFINAL, COMO FAZER UM HOMEM CORRER ATRÁS DE VOCÊ?
COMO TORNAR-SE A MULHER QUE O SEU HOMEM DESEJA

Para adquirir os livros, basta acessar o link abaixo

http://www.amazon.com.br/s/ref=nb_sb_noss?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&url=search-alias%3Daps&field-keywords=lilia%20amorim

0 comentários:

Postar um comentário