.

.

Páginas

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Parabéns Pai!

Se meu pai estivesse vivo,hoje estaria completando 92 anos.Mas,sua missão acabou,Deus o levou para outro plano,ele será sempre meu pai amado e eu serei sempre a filha abençoada,que ele amava tanto e teimava tanto,por eu não deixar ele fazer as coisas que ele queria.
Tomei muitos sustos com ele,no final da sua vida.
Ele sumia de madrugada,deixava a porta aberta,eu quando acordava ficava desesperada,atrás dele,com medo dele ter sido atropelado,doença difícil,para mim e ele,que o vi fazendo coisas que ele jamais faria em sã consciência.
Quem tem uma pessoa na família,que teve ou tem mal de Parkinson,sabe do que estou falando.
Deus obrigada,por ter levado minha missão até o final,por ter feito eu ter forças nos piores momentos da minha vida,onde fiquei com anemia em alto grau,com meus nervos em frangalhos,com síndrome do pânico.
Deus obrigada,porque mesmo com todos estes problemas,eu trabalhei sempre,sempre dei o melhor para ele,nunca nos faltou nada,nunca ocupei quem quer que seja para pedir algo,sempre tivemos dificuldades,claro,mas nunca deixamos de ter dignidade.








Foi nesta hora difícil da mimha vida,que Deus mandou uma pessoa que sou muito grata,um grande amigo,que me ajudou,que fez minha dor e meu nervosismo se acalmarem,fazendo com que eu tivesse forças para terminar minha missão.
Como o senhor dizia pai: vamos nós três juntos,até o final:eu ,mamãe e o senhor.
Onde quer que o senhor esteja,sei que olha por nós.Diante dos sonhos que tenho com o senhor,sei que o senhor está em  lugar cheio de paz e luz.
Agora pai,estou eu e mamãe aqui,cheio de amigos,os quais podemos contar,em todos os momentos.O que importa nesta vida não são laçõs sanguíneos e sim laços de amor e amizade.
Amigos que eu sempre serei bem-vinda em suas casas,que jamais irão me fazer sentir mal e diminuída.Amigos que eu posso ligar a hora que for,na hora que precisar,para simplesmente dizer : está tudo bem ou dizer não estou legal.
Sei que de alguma forma, o senhor nos guiou,para que eu pudesse ter a vida que eu mereço e quero,afinal eu não posso apenas cuidar,tenho que ser cuidada também,tenho vida no corpo,e sangue nas veias.Tenho que cuidar da mamãe,mas não posso mais me colocar em segundo plano,como fazia,morando em um lugar que me deixava doente,que me fazia mal,onde tinha poucos amigos,onde tudo me fazia mal,devido ao clima.Agora eu vivo pai,cuido da mamãe e tenho vida.Vida de qualidade,que eu mereço,que eu sempre quis,e tenho certeza que o senhor me ajudou muito.
O sucesso dos meus livros,que me deram estabilidade,paz ,para que eu não me acabasse mais no sol quente,vivesse desidradata,como vivia,para poder fazer o melhor por nós.
Obrigada Pai.Obrigada Deus.

Parabéns pai,muita luz em seu caminho,me espera aí ,que eu só vou ,se tiver certeza que o senhor me espera ok?






Te amo

Lilia

0 comentários:

Postar um comentário